A versão 2.0 do hambúrguer de proteína vegetal da Impossible Foods é bem boa

Os hambúrgueres da Impossible Foods são a comida do futuro. A ideia da companhia é oferecer uma experiência de hambúrguer tradicional, só que feito com proteína vegetal– nada de origem animal é colocado na comida deles. Na CES 2019, eles montaram um pequeno food truck escondido no estacionamento do Centro de Convenções de Las Vegas para mostrar a versão 2.0 da “carne”.

Eles mudaram alguns ingredientes para tornar o hambúrguer mais suculento, menos seco e com um sabor mais próximo da carne, além de não ter glúten.

A principal mudança está na proteína base do hambúrguer. Eles substituíram a proteína de trigo pela proteína de soja, o que ajudou a torná-lo mais suculento e firme. A ideia é que o novo produto possa ser consumido por mais pessoas. Enquanto a primeira versão era ideal para se fazer numa chapa tradicional de hamburgueria, a nova receita permite que as pessoas o levem para casa para fazer num grill ou até cozinhar com um molho, sem que ele desmanche completamente.

A quantidade de óleo de coco também foi reduzida, ao mesmo tempo que adicionaram óleo de girassol – o que ajudou a reduzir a quantidade de gordura saturada ao mesmo tempo que deu um sabor melhor, segundo a companhia. Fora isso, a proteína de batata continua presente na receita, além do heme (o “ingrediente secreto”).

Eu experimentei um hamburguinho servido na feira. Fiquei um pouco frustrado com o tamanho e confesso que não deu pra ter uma baita experiência. O tamanho do sanduíche não me permite fazer uma avaliação completa, mas dá para dizer que é bem gostoso, sim.

O molho picante dá uma mascarada no sabor da carne de proteína vegetal, mas eu dei uma mordida separada nela e curti bastante a textura – lembra a textura da carne convencional, mas ela “desmancha” mais rápido na boca. O tempero da carne poderia ser mais caprichado, mais salgado. Eu não consigo dizer se é parecido com um hambúrguer tradicional, até porque o tamanho era inadequado – mas certamente se parece com mini hambúrgueres que comi em várias coletivas de imprensa.

A Impossible Foods existe desde 2011, mas só em 2015 começou a disponibilizar alguns dos seus hambúrgueres de proteína vegetal comercialmente. A ideia da companhia não é fazer comida para vegetarianos, mas produtos sem origem animal que agrade ao paladar de carnívoros.

Acompanhe nossa cobertura da CES 2019

A premissa da empresa é que a carne vermelha exige muitos recursos para ser produzida e que num futuro próximo ela se torne mais escassa e cara. Então, empresas como a Impossible Foods e Beyond Meat apostam no desenvolvimento de carne e frango, por exemplo, com proteína vegetal para se preparar para um futuro com menos proteína animal. A lógica aqui parece mais capitalista do que de uma causa ativista.

Por enquanto, os hambúrgueres da Impossible Foods só estão disponíveis em alguns restaurantes nos Estados Unidos, Canadá e em Hong Kong.

Siga o Gizmodo Brasil no Instagram para acompanhar curiosidades e as últimas novidades da CES 2019!

O jornalista viajou para Las Vegas a convite da CTA, empresa que organiza a CES.

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>